domingo, maio 29, 2011

Franz Marc-1914

ANCESTRALIDADE- “O DESTINO DOS ANIMAIS”

"com seu instinto de vida virginal, despertam tudo que há de bom em mim...”

Franz Marc

Cada um sabe do que gosta

de mais ou de menos em si...

Os dentes, os cabelos,

o quilate do cerebelo,

ou mesmo o tamanho

dos pés e do pau herdados...

Muito diferente vem do espírito,

que talvez não se saiba

sequer querer ou achar

por não haver solidez

ou mesmo a falta de polidez

como existe em cada um de nós...

Eu não vou dizer o preço

dos meus sábados calados,

de calos e desertos

pois sequer os tenho...

Nem vou pensar em que

há muito vi desintegrar-se:

o lápis que fugiu dos meus dedos,

a sílaba que escapou da memória,

a metáfora dos delírios,

a catarse que me impõe a idade,

a perda da confiabilidade...

Meu espírito segue menino, penso,

Indiferente aos anseios da suja carne

que espera, sempre espera,

a próxima história pra contar

com uma pulsação tão desastrosa

como a cereja num bolo...


Luciano Fraga

15 comentários:

Braga e Poesia disse...

quem tem esperança não precisa de mais nada:já tem para si mesmo o consolo da esperança.

Zinaldo Velame disse...

Belo poema, Luciano! Abraço!

Ana Lago disse...

Olá Luciano,

Sábias as palavras,as quais me tocaram profundadmente e até agora
estou refletindo.
Justamente o que eu precisava nesse momento."Excente" o texto,está mágnifico.

Paz e luz,em todos os seu dias.
abraços,

>Ana<


PS:fotto linda Luciano,no trem.

Douglas Vieira disse...

Grande e belo poema, Mestre.
E não é metáfora, tampouco delírio.

Forte abraço!

Luciano Fraga disse...

Braga amigo,já acreditei muito que ela morria por último.Abraço.

Luciano Fraga disse...

Zina, muito bom.E nossa balada? Abraço.

Luciano Fraga disse...

Ana,se o texto te levou à reflexão de alguma forma conseguiu cumprir a missão enquanto escrita, tocar alguém.A foto é de um motorista de trem.Abraço.

Luciano Fraga disse...

Caro Mister, se não é uma coisa nem outra, tomara que não seja verdade, abraço.

MIRZE disse...

Belo poema, amigo Luciano!

Forte, como eu gosto, dentro do seu estilo!

Beijos

Mirze

Adriana Godoy disse...

Nossa, que beleza, cara! Maravilhoso mesmo, Talvez um dos que mais gostei. Parabéns. Beijo

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga,obrigado,abração.

Luciano Fraga disse...

Adriana querida,satisfação sempre com sua presença e suas palavras, beijo.

guru martins disse...

...é isso
balança desigual"...

aquele abraço

Rafael Castellar das Neves disse...

Sensacional, Luciano!! Este é o tipo de assunto que mais me atrai..e vc colocou muito bem!!

[]ss

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

da varanda é sempre melhor olhar o mundo