segunda-feira, fevereiro 25, 2008

TARANTULAS URBANAS


Na rua e numa folha de papel
aberta,
tudo cabe:
o zoom de uma nuvem
encoberta,
um código mortal,
um alerta,
um aviso aos navegantes:
sejam mais tolerantes
neste universo
de arestas...
Tal um conto de fadas,
bandeiras são desfraldadas,
para comemorarmos o que?
Meu amor, não resiste
às tuas palmadas...
Tal um rito,
de passagem
sinto-me feto
morto à pauladas,
numa corda bamba
espero o golpe de espada
numa roda de samba..
Quando desabar do andaime
saberei
por que se morre de fome.
Uma armadura
seria um bom artefato
para consolar-te;
um cartucho
uma armadilha
para minha memória de flandres
que exige riqueza
em detalhes,
como colher em oásis.
Mas,
trago uma fome de faquir,
surpreendo feitas serpentes.
Minhas unhas perversas
vagueiam
em teus seios
salientes.
Aí,
danço em círculos
para controlar anseios,
aguardo na linha,
impaciente
como um cão
doente
desejo cada grama
de tua carne donzela
numa balança,
de precisão...
Antes do julgamento,
rejeito seus abraços,
mas,
aceito teus centavos minguados
e gorjetas
para seguir matando a fome
de viver,
mesmo sabendo,
Ser
na delicadeza da sarjeta...


7 comentários:

CACHORRO VADIO MORTO EM NOITE CHUVOSA disse...

Buenas, as tarântulas estão acesas roubando as madrugadas dos insones.

Anônimo disse...

Chico Bandido Vermelho:
Aqui no Corta Jaca o único bicho que anda solto é Aranha Caranguejeira...isso é:se tiver bem raspadinha............

Chico Azul disse...

Esse meu xará vermei sabe das coisas.

ronaldo braga disse...

esses comentários assinando chico seja lá de que cor seja revela muito bem a seriedade dos chicos: nenhuma. ocupam o espaço mas não fazem enhum comentário sobre a obra e ficam ercrevendo sobre coisas como putas.
eu fiz um comentário sobre esse poema e tá lá no braga e poesia e eu sempre assino os meus comentários

Anônimo disse...

Chico colorido:
Qual é a sua seriedade?O que você tem feito pela arte?NADA!O seu talento é encoberto por sua vaidade e arrogancia. Pra quem se diz tão defensor da Literatura e da Arte você nem escrever sabe. Você é um analfabeto manobrado pela frustração.
Da mesma forma que você tem o direito de criticar Lula por fazer um péssimo governo, qualquer chico, também pode reclamar que seu blog esteja virando só um blog de política!

ronaldo braga disse...

pra esse merda e covarde, que só sabe elogiar ou esculhambar, pois não tem conteudo pra fundamentar nada, eu digo que escrevi um texto e já publicado em meu blog.
quanto a minha seriedade se eu soubesse quem é o bosta eu poderia responder, e quanto a minha arte o mundo conhece e quanto ao anafabetismo sou mesmo com muito orgulho um analfabeto, principalmente de conhecimentos rasteiros de gente como essa que escreve merda no anonimato e seja quem for eu mantenho o que escrevi e não gosto de gente babaca e covarde.

Fulana Miranda disse...

Gostei muito desse poema!! Muito bom!
Tenho encontrado reverberações pelos blogs, e frequento tão pouco, quase não apareço no meu próprio espaço.
Essas reverberações todas de tantas linguagens precisam ser amarradas em algum canto, num labirinto de sustos e beleza para essa nova escrita de nós todos!!

Um abraço e parabéns!!