quinta-feira, junho 07, 2007

O LIVRO

Eu hoje queria escrever sobre um livro que eu não li e tenho certeza absoluta que nem mesmo chegou a ser publicado. E isso me inquieta.Não o fato de não ter lido e sim dele não ter sido publicado.Por que? Por que ele não foi publicado? Será que ele não foi nem sequer escrito? Ou se algum autor maluco o escreveu e não foi aceito pelo mercado literário? O mercado determina a minha não-leitura desse livro ainda não publicado e provavelmente ainda não escrito.
Mas, esse livro vem me fazendo pensar. Primeiro na sua principal característica que é ser um não-livro e existir na sua não-existência. Segundo, o fato desse livro tratar de assuntos importantes para a minha vida e ainda o fato de ser de autoria, pelo menos para mim, desconhecida.
E assim,hoje eu resolvi que esse livro será amplamente discutido e pouco importa o fato que ninguém o leu ou mesmo o viu mas, eu já sei com certeza que ele não foi publicado.
Aí será o começo. Por que ele não foi publicado?

Ronaldo Braga, a todos os autores ainda inéditos, principalmente devido a escolha do mercado literário, que ninguém viu, ninguém conhece mais sabe demais o que ele quer:
Vender verdades prontas.

3 comentários:

ronaldo braga disse...

esse texto eu o escrevi em 1996, e eu gosto muito dele, pois aparentemente fala de coisas absurdas como de um não livro, mas na verdade somos escritores de não livros, em um país de bois e vacas só capim interessa, pois o que importa é a engorda.

luciano fraga disse...

Ronaldo,devemos buscar fazer de nossas vidas,páginas e páginas de um eterno livro,contendo histórias que interessem apenas à nós mesmos.Talvez este livro não tenha nem um final...

Caco Fernandes disse...

Caco,este Ronaldo é bom cara.Queria ler este livro que não foi escrito...Valeu versos,gostei.