sexta-feira, janeiro 06, 2012

ÁGUAS DE PARIÇÂO- Fotografia-Luciano Fraga-2010

PARTOS

Sei,

sou mesmo um antigo

e guardo comigo relíquias,

serpentinas de velhos carnavais...

Sou recém nascido,

metamorfoseado,

sou de lua,

filho da rua,

oxidado;

assim dividiremos as águas

até que não sobrem mais

que gotas,

dividiremos a casa

até que não reste

página pra ser virada,

palavras que não sejam

ditas, soletradas

em tom grave ou agudo,

gritadas,amanhecidas

entre os emaranhados

de meu cordão umbilical

recém parido...


Luciano Fraga

8 comentários:

MIRZE disse...

Forte e belo como eu gosto!

A vida se pensarmos bem é um parto diário e sem fim. Viver dividindo dores e tudo mais, e o pior é que a página não vira. Pelo menos para mim.

Beijos

Poeta1

Mirze

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga, a vida é mesmo renascer a cada instante, é página virada a cada momento, é aquela estória da água que passa por um rio nunca será a mesma, tudo passa isso é certo e pra você passará sim, abração.

Adriana Godoy disse...

Bonito, poeta e fica como cicatriz. Beijo

guru martins disse...

...PÔ!!!

abç

Menino Dieke disse...

Erramos e pisamos na bola, mais nada do que abrir as asas e voar de novo,
Pois não podemos deixar a opção que temos de melhor que não precisa de valor nenhum pra ter e fazer que seja viver... Opa! Vou voltar aqui de novo! Rsrs

Douglas Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Olá Luciano Fraga!
Sou jornalista de uma revista especializada no setor sucroenergético.
Entro em contato porque gostaria de entrevistá-lo para uma matéria da revista. Chama-se O Executivo.

Como posso contatá-lo?

Aguardo retorno.
Meu email: natalia@revistaideanews.com.br

tel: 16 3602-0900

Aguardo retorno!

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
Foi um grande prazer conhecer seu blog.Aproveito meu tempo para navegar e ler textos e poemas feitos por pessoas que gostam de escrever.
Que bom que você é uma delas.
Grande abraço
se cuida