terça-feira, dezembro 06, 2011

Clemente Orozco

TARDIO COMO O ÚLTIMO INVERNO







Sinistra dança,
essa valsa do amor...
No rio das mães
o deleite desse ritmo
é insaciável.
Quando amar era uma fábula
e o mar que era
o espírito da coisa
chegava sempre atrasado.
Quando amar
era o cúmulo das flores
e antevia tudo;
até o vento frio
que descascava

a pele de cada

hemisfério.

Quando amar
era podar
bem rente todas as asas
com oxítonas palavras,
era poder,
respirar o ar dos cárceres
aos pés da estrela guia...
Quando amar
era predatório,
sina de grosso calibre
impressa em giz
nas chagas
do meu fígado.
Quando amar
não era purgatório,
Eu sentia e dançava,
sem os olhos crispados...






Luciano Fraga

7 comentários:

Braga e Poesia disse...

o amor é uma invenção, portanto cultural sofrerá sempre mudanças, o natural do ser humano é a suspeita do outro e o preparar para a batalha, e o amor acaba sendo o ringue dessa batalha natural no ser tanto masculino como feminino. a a poesia do fraga mostra essa inevitável transformação ao longo de um determinado tempo.

Adriana Godoy disse...

Luciano, tem hora que vc acerta uma direita no peito da gente! Tão forte esse poema, que dá vontade de acreditar!
Beijo

MIRZE disse...

Amei, mestre Luciano!

Embora tenha medo de amar.

Beijos e Feliz Natal

Mirze

Dellone disse...

Saudações Lord!
Achei hoje teu blog
MUITO INTERESSANTE aliás!

Intenso é como defino este teu poema!
Parabéns!

Apesar de ser de uma estilo dieferente do meu , estou lhe seguindo com muito gosto!

Espero receber vossa visita se possível --> silenceshadows.blogspot.com

Lhe desejo
BOAS FESTAS
e um FELIZ 2012

Até breve!

Luciano Fraga disse...

Aos amigos, agradeço a todos pela presença constante aqui nesse blog, em cada nota, cada comentário, felicidades e muitas alegrias para todos,seguiremos juntos, abraço.

MIRZE disse...

LUCIANO!

VIM APENAS PARA LHE DESEJAR UM ANO NOVO DE PAZ, AMOR, E claro, VERSOS PERVERSOS!

Obrigada pelo seu carinho no decorrer deste ano.

Beijos

Mirze

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga,obrigado pelo carinho, pela valiosa atenção e presença,felicidades,abração.