quarta-feira, outubro 20, 2010

Companhia Dos Anjos Baldios Apresenta: "Samael"

11 comentários:

Mai disse...

Gostei muito desse curta, Luciano.
O transbordamento retratado poeticamente, e produzido com muito esmero. Elogiável!

abraços

Ana disse...

Oi poeta,

Tá ótmo o trabalho de seu amigo,
Parabens e sucesso.

Abços,

Ana Lgo.

Luciano Fraga disse...

Mai amiga, realmente muito forte a representatividade poética das imagens,forte! Abração.

Luciano Fraga disse...

Ana, confere,muito bom mesmo a mensagem e técnicamente bem feito, abraço.

Mirze Souza disse...

Luciamo, amigo, poeta da profundeza das almas!

As sensações foram diversas ao assistir ao vídeo!

O trabalho maravilhoso me fez crer que Samael é mesmo anjo.


Coube à você, um outro anjo, a beleza da apresentação!

Belíssimo e emocionante!

Beijos

Mirze

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga,Samael nos deixa com borboletas na cabeça, literalmente, abraço.

Menino Dieke disse...

"Sob o rescaldo do mesmo sol
percebi que meu coração
não é mais uma rocha,
nem tem o mesmo gás".

gostei dessa ai!!!! as decepções,
desajustes da vida vai fazendo com que o nosso coração perca sua cor e canção...
gostei daqui vou voltar semmpre

Luciano Fraga disse...

Caro Dieke,obrigado pela sua visita.O coração anda meio cansado, da vida e suas aventuras,das agruras,mas seguimos trocando de pele, abraço.

BAR DO BARDO disse...

... é uma porrada delícia.

Bom texto, meu caro Lu. Destaco (pois eu deveria ter escrito!!!):
"Não faço canções
para a mãe dos arrependimentos"

Abraço!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"Não faço canções
para a mãe dos arrependimentos," adorei a imagem deste verso

Janaina Cruz disse...

O tempo muda e nós mudamos junto, por isso é preciso observar o que nos flato para sermos felizes e agarrar possibilidades a unhas e dentes... rs
Amei teu blog