sexta-feira, julho 30, 2010

CACHORRO MORTO- Livro do amigo, Nelson Magalhães Filho


TORMENTAS DE VERÃO DESOLADAS SE APROXIMAM


já sei que é mais uma temporada de vazio,
desespero é lindo:
a perene feitiçaria de retornar perdido
às jornadas ocas - devastações - da carne.

Vale a pena adquirir exemplar do livro de Nelson Magalhães, artista plástico, poeta e guitarrista, não apenas nas horas vagas.Um prefácio maravilhoso de Lima Trindade. mestre em Literatura da UFBA.

28 comentários:

Luciano Fraga disse...

Caros amigos, recomendo a poesia diferenciada do amigo Nelson, livro que ganhei, li e reli e estou relendo, abraço a todos.

Adriana Godoy disse...

Boa dica, Luciano. Como faço pra comprar? Tem em livrarias? Sucesso pra ele.


PS: Em breve, 12 de agosto na Bienal de SP, o livro "Maria Clara: Universos Femininos". São doze poetas dos blogs escolhidas por HF e estou entre elas. Ainda não tenho nenhum exemplar...Aguarde mais notícias.

Beijão.

Luciano Fraga disse...

Adriana, aguardo ansiosamente notícias mesmo. O "cachorro",não tem em livrarias, a tiragem foi pequena e logo vendida, tá saindo novo pacote, o seu exemplar chegará, beijo.

Anita Mendes disse...

o titulo do livro e bem curioso!!!
tem uma cara de bom!
Beijos

heróidevir disse...

Poesia de anjo não tem como não ser interessante e ferramenta ao mesmo instante. Este ficarei esperando também a oportunidade.
A história, infelizmente, é construída em versos e perversos. Versões e perversões perfazem o gume metal de troca; nem sempre se pode ofertar um jardim, para quem tão somente aprecia as flores em vasos.
Estou relendo o livro Valise de Cronópio, de Julio Cortázar, e vivendo e morrendo por tantos motivos que refazem a Vida infinitamente.
Muita saudade das versões inimigas e perversões amigas.
Aprendi que o mal nunca é menor, porém sempre é pouco, graças a Deus.

Velhos abraços sinceros.

Ribeiro Pedreira disse...

certo de que adquirirei o meu exemplar, te abraço, nobre amigo!!!
estou em trânsito por essa bahia velha e tão logo torne a Cruzalmas entrarei em contato contigo.
Até mais!!!

Luciano Fraga disse...

Anita, não só título e capa, o conteúdo é excelente,pode confiar, abração.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir, espero por esse devir mesmo , com sinceridade, para nos aguçar, mas também peço tira aquele selo de castidade(deve ter seus motivos), também já tive sérios e desagradáveis problemas com certos coment agressivos e tendenciosos.Mas seguimos mesmo, como bravos heróis entre bravatas e incongruências, entre bundões e bundismos até que a vida nos aplique a dose certa de cicuta e talvez quebre a nossa monotonia.Levamos certas pancadas que realmente só indo ao fundo do poço, sentindo seu odor, que é o que resta dos restos para nos soerguermos, força irmão e conta com a gente sempre, muito embora este aqui seja um aflito e limitado, forte abraço.

Luciano Fraga disse...

Ribeiro, não sei se já conhece o Nelson, se não vou te apresentar e certamente receberá o seu exemplar, siga em paz a sua viagem e aguardo novo encontro, forte abraço.

Douglas Vieira disse...

Os Tigres Chegaram, o cachorro rabugento morreu numa noite de chuva farta.
E assim seguimos em frente.


Belo livro e bela recomendação.
Forte abraço mestre.

anjobaldio disse...

Caros amigos, obrigado pelas palavras de todos. Abração!

heroidevir disse...

Certa vez fui a um especialista em camuflagem e pedi a melhor, ele me vendeu a pior e me aconselhou: debaixo da ponte é o melhor lugar para descansar.
Fiquei furioso, jurei vingança.
Não me vinguei nunca, mas hoje preciso de uma nova fantasia e o especialista ainda não esqueceu.

A vingança de quem obedece às circunstâncias sem entendê-las é se enforcar, Sombra.

Luciano, voce acredita?

Ruela disse...

Parabéns Nelson.

Luciano Fraga disse...

Caro Mister, os Tigres chegaram e rosnam perdidos pela selva de pedra, abraço.

Luciano Fraga disse...

Buenas,buenas! Abraço.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir,penetrar cada vez mais fundo, sem temores/tumores.Acredito sim, piamente! Um plebeu abraço.

Luciano Fraga disse...

Ruela amigo, ele merece, é um grandioso trabalho, abraço.

o infeliz por opção disse...

Luciano, aqui mais parece um grupo de bullyng, e é difícil não pensar que voce é o mentor.
Voce me manda um pedido de clemência, legítima=sem covardia, e o que acontece, sua cabeça é um posto de isolamento.
E se voce não for o mentor, caramba, não seja sombra de ninguém, cara, já conhece o destino das sombras?
Castidade, temor, tumor, de onde voce tirou essas idéias, de voce mesmo, de alguém muito próximo???
Eu sei que com isso, respondendo estou apenas aprofundando tal estado de bullyng, mas isso acaba aqui, estudante perverso & verso.

Luciano Fraga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciano Fraga disse...

Caro amigo IPO,se usei palavras inapropriadas e que tornaram-se infelizes para alguns de nossos momentos de fragilidade emocional ou tornaram-se ofensivas, sinceramente, milhões de desculpas ainda são nada, longe de nós, compreendo que as sombras nunca nos abandonarão, mesmo na ausência de luz.Forte abraço

Vários nomes para uma única face disse...

Momentos que perduram conforme as sombras que existem apesar da ausência total de luz.
E mais outra vez a cara que aparece nos meus espaços não é a mesma que aparece "nos seus espaços".
Ainda, também, não se encara os temas em questão, rss, apenas se desculpa ou se elogia.
O que acontece, todo relacionamento com limites severos das idéias e das palavras(!), acaba sempre assim: litígio ou mágoas. Mas isso, claro, não ocorre com nossa amizade, que não havia somente limites, havia tanta mentira e tirações, que sequer o gostinho da esperança chula experimentamos; aquela que de vez em quando ainda abre as portas para reviver o não-gozo que sempre existiu.
Todavia, confesso, serviu-me muito como aprendizado, assim como todo conhecimento pró salvação da essência de civilidade, não compreende tão somente a teoria, que se aprende desde a pré escola.
Cara, há muito tempo que retomei meu destino de navegador (isso acho que vai virar piada); e voce entendeu mesmo porque Fernando Pessoa consagrou o tal "Navegar é preciso..." ?
Assim como não é preciso estar doente para conhecer as doenças, na medicina, faço para tratar o meu nosso(?) planeta. Faça uma relação de todos os "Mal Estar da Civilzação(Freud)", ou todas as Dores do Mundo(Shopp), ou todas as técnicas da Divina Comédia(Dante),
ajude-me, talvez uma ou outra ainda não naveguei.
Caro, voce sabia que as vítimas de bullyng, no melhor dos casos, contraem herpes do nada (vichi, mais piada), e a medicina sabe disso, quando trata um menino de 8 anos, doente porém "sem o vírus"?
Sabia também que o câncer benígno tem cura sem qualquer tratamento, e o malígno, curado, "sempre" se torna obra de um milagre?
Sabia que só se perde a crença em milagres atraves da recusa a qualquer crença, ou por conhecimento do que ocorreu?
Sabia que determindos conhecimentos jamais se aprende com métodos intitucionalizados?
Sabia que a fusão nuclear tornaria o emprego da energia atômica livre do lixo radioativo?

Questões "irrelevantes", não podia me causar tanto, rss, stress. Antes eu me preocupasse com meus "mais próximos e mais semelhantes", se acaso é mais ou menos que eu, sabe-se lá em qual dor de barriga situacional; isso sim é uma questão digna para viciar em prozac ou viagra, prostitutas ou trabalho, diversão ou inteligências.
Luciano e companhias, navegar é preciso, "milhões de desculpas não são nada", "precisei" partir.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo VNPUUF,pensei agora mesmo nas "Mil e uma noites".Se partes, certamente deixará a retaguarda partida ou repartida(rs), deixa ao menos o destino a direção, dá uma dica que essas ondas de GPS nos farão a rota até "vosmicê" rs. E navegando, vamos seguindo sem perder o tesão pela porra da vida, nem que seja movidos por uma fantasia azul...Quero que saiba que onde sua nobre caravana passar, eu cão "vira lata",respeitosa e alegremente uivarei para a lua em louvor, aquela mesma lua que nos "seguiu a noite inteira",volte logo(RSsss)movido por um bom e insubstitível DEVIR, nobre abraço.

Ana disse...

Luciano,como faço para adquerir um exemplar?? aqui em Cruz tem?
Hoje "ler" é um bem estar...pra mi.
Eu gosto de musicas MPB,de Meditação,agora ARROCHA não...MAIS
se for pra ARROCHAR!Si for com VC..(rsrs),aí eu Aceito.

Desejo ao seu amigo Nelson,sucesso
com o livro e o que vinher.

abraços,

Ana Lgo.

Luciano Fraga disse...

Ana, todo esse aparato(livros, discos, meditação) nos transforma, nos faz maduros...por dentro...por fora.

Mirze Souza disse...

Luciano!

Adorei esse "despencar de moluscos"!

"as rosas ásperas e as noites in-dormidas".

Poesia forte, como gosto!

Beijos, amigão!

Mirze

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga, a poesia de Nelson é sempre contundente, reflexo da contemporaneidade, abração amiga.

Anônimo disse...

É o mesmo que acontece
com a ciência e religião
"a realidade"
por sobrevivência
mimetizada em qualquer forma de 'vivência'.
Assistam filmes à tarde
é + apropriado...

Beijo p AGod

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Anônimo, aconselho com toda veemência a sessão da tarde(rs),ou a coleção de Daniel Boone antes que os moluscos despenquem em sua cabeças e fujam desses atores de quinta categoria(rs), forte abraço.