domingo, maio 02, 2010

Sob a janela... Um curta de Luciano Fraga e Douglas Vieira com participação de Pablo Paganni.

42 comentários:

Ana disse...

Olá Luciano,

Vi o traile,dramatico não?ou coisa
parecida.
As janelas não são todas iguais,como
sempre o tempo!
Taí...gostei!

Parabens pelo trailer Poeta.

Abçss,

Ana Lgo.

PS: dexei comentário no Blog anterior...esqueceu lindo??

Braga e Poesia disse...

espero o filme

Adriana Godoy disse...

Pô, legal, Luciano! Vamos esperar o filme..sucesso. Beijo.

Ana disse...

Gracias Poeta,

Que venha o Filme,muita força.

Devir disse...

Dá até para imaginar
o roteiro que voce disse
lá no devir... Meu Deus!

Não seria ao contrário?
O primeiro, ainda tossindo
a mesma tosse de toda vida
aparece na janela e se pergunta
por este tempo
por este espaço
ainda estou vivo?
Eu sei, existe o negócio...

Ok, então, vejamos
O segundo nas mãos uma coca cola
interpela a platéia
alguem aí não estudou
não estuda
não quer estudar
saiam de minha janela!
Sem comentários...

O terceiro, a cãmera se aproximando
lentamente um sorriso se formando

Mas o pigarro é mais
cinematográfico... paciência.

Luciano Fraga disse...

Ana, ainda estamos trabalhando a idéia, mas a própria vida já é um drama e não queremos enquadrar um desejo de expressão em nenhuma categoria específica,apenas dizer algo, abraço.

Luciano Fraga disse...

Braga, estamos trabalhando...Abraço.

Luciano Fraga disse...

Adriana, estamos levando o negócio para o forno, não é fácil, beijo.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir, concordo com as idéias, passam tantas coisas em nossa cabeça, são tantas questões...Fizemos em três tempos, imaginado uma figura atônita com a ação do tempo, um enfermo e outro pacífico, três naturezas distintas, sem nada impor, quem sabe Sob a janela 2, sem querer ser de "roliud", afinal o estúdio é na sala de casa, gostei da sua fala,pode-se acrescentar no roteiro sim,mas o impoprtante , você sabe é criar alguma inquietação,esperamos atingir, forte abraço.

Devir disse...

Rss, não é possível apropriar uma imagem que não é a real em todos os pesos e medidas. Eu entendi até onde disse, mas porra, a arte que é foda, a sabedoria que é foda, nem adianta tentar criar um objeto que pode se passar por elas, por ex., o objeto poesia, assim como o objeto filosofia, só o serão determinados até certo ponto, diria, até a fronteira onde termina o apego do criador, ou do pensador.
Porra, sem romancear, mas arte e pensamento são vida, e vida sempre, no mínimo´, é 'dois sentidos'; paradoxos circulares.
Jamais tentaria reduzir qualquer trabalho de arte, expressando-me com algo além do silêncio; embora este, paradoxalmente, muitas vezes também se torna a melhor forma de expressão na interação com a obra.

Não existe pessoa tão linda que até esquecemos que ela também precisa ser humana?
Então, acredito que nem isso é o limite para qualquer obra de arte ou de pensamento.

Eu tenho em mente, a mesma que o cara lá se ri, e encontro tempo para só pensar nela, para, assim, não desdenhar o mais importante quando me alimento para sobreviver.

Eu desejo muito, ainda!, assistir ao Clemência, e, pelo sabor que promete Sob A Janela, daria até ajuda em dinheiro, se acaso tivesse qualquer pouquinho sobrando.

Mas eu não só quero te olhar, Caro

ps., por favor, cresçam, além da imagem não só tem sexo para querer!!!

BAR DO BARDO disse...

Boa sorte!

On The Rocks disse...

d. luchiano atacando de ator... massa.

buenas!

Klatuu o embuçado disse...

:)

Abraço!

P. S. Para que o video não fique pela metade em página de blogue estreita, você terá que na caixa de postagem abrir VER HTML e reduzir o width para 412 (2 vezes).

ronaldobraga disse...

vi todo e gostei. é a arte e seu processo de criação

Anita Mendes disse...

genial,lu!
Confesso que me pergunto agora: quanto tempo eu perdi? O impacto nao so das imagens ... mas tamb do efeito que causa em nossas MENTES me intrigou. E quanto tempo perdi? Te pergunto de novo...e quanto tempo tenho para recupera-lo?
por isso que gosto daqui pq o lu abre as portas da percepcao!
Te quero muito...
Ps: estou lendo teus poemas o que mais gostei foi onde o amor nao florece.
beijos

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir, geralmente os seres humanos buscam justificativas para suas derrotas e frustrações e nunca assumem que o problema não está nos outros, dessa forma culpam o amor, o tempo, a falta de sorte, o medo e muitos outros valores que não são palpáveis, só a arte trás isso à tona, até nossos pés.Vamos tentar ir além e não assuste-se com minha cara, forte abraço.

Luciano Fraga disse...

Bardo amigo, obrigado! Abraço.

Luciano Fraga disse...

Buenas,é o Mickey Rouke bem piorado nos piores momentos(rs), trata-se apenas de uma tentativa de falar algo que incomoda a muitos de nós, essa luta inglória contra o tempo, abraço.
PS repete o endereço para mandar o jornal.

Luciano Fraga disse...

Klatuu amigo, obrigado pela dica, grande abraço.

Luciano Fraga disse...

Braga, com seu aval vamos em frente com cara e coragem...Abraço.

Luciano Fraga disse...

Anita querida, justamente essa reflexão que buscamos, apesar de todas as nossas limitações, estão ali: cara , coragem , coração em forma de um enorme desejo de expressão, nos juntamos e fizemos pois no local em que vivo e trabalho não existe mão de obra (atores), então fomos nós, grande beijo.
PS. gosto também deste poema, é representativo pra mim.

Douglas Vieira disse...

Mestre, estou começando a ficar preocupado.
Estão criando um forte expectativa em cima do nosso filme rsrsrsrs

Espero que todos aprovem o filme completo, assim como o fizeram com o trailer.


Abraço forte. E obrigado a todos que viram e gostaram do Trailer.
Aguardem, pois a Companhia "Zen"fazernada, tem muito mais a oferecer.

Devir disse...

O elenco!!!
A produção!!!
A arte!!!
O melhor sempre
reservamos para destarte
estar pessoalmente.
Virtude e crueldade
de toda forma de arte.

Qual é a cara do criador
que importa
se não qualquer uma
desde que haja expressão.

Qual susto
também em cinema
que levanta a platéia
para depois de ansiar tanto
sequer ver o final
por reflexão
impor uma sonora salva de palmas?

Em off, rss, imagine isso
roliude derrubando as pipocas

Devir disse...

Ual, reparem nos horários
dos 2 últimos comentários!!!!!!!!!

Luciano Fraga disse...

Douglas, fica tranquilo, o que fizemos foi expressar nossos sentimentos e ali está contido nossas dúvidas e emoções e algumas aflições que atingem não somente a gente.O que vamos perder com isso? Nossas reputações como artistas? Espaço na mídia gorda? Deixarmos de concorrer ao Oscar? Sermos execrados pela crítica? Fracasso de bilheteria(rsss)? Coitados de nós se pensássemos assim. Então será por aí que caminharemos, sem necessidade de nada impor com nosso recado, portanto, sossega,outros virão com nossas sérias intenções de divertimento também, forte abraço.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir, sinceramente emocionante seu comentário, reflete exatamente sobre tudo que penso a cerca do que fazemos quando buscamos nos expressar,afinal sustento uma tese: eu não preciso de platéias...Exceto daqueles que verdadeiramente nos ouvem, forte abraço.
PS. precisamos de uma parceria que vá além da VOZ, vamos pensando, que tal?

Luciano Fraga disse...

Caros amigos Devir/Douglas, sintonia fina, conexões, bom sinal para o futuro e futuras parcerias,adoro dividir idéias por não ter mas sonhos de ser o pai,alías de porra nenhuma, abraço.

Douglas Vieira disse...

Para a minha sorte, sou um curioso, inquieto, inconformado e sonhador.

Ai de mim se fosse santo. Já não teria o "couro" nos pés.

E Mestre Luciano, cometemos um erro ao abrir a cabeça para idéias e criações. Não há curativo que estanque essa ferida que abrimos.
Há há!

Grande Devir, simplesmente genial!

Devir disse...

Feito ferida de mulher, sem palavras, seja na dor ou no prazer, por elas quero morrer

Entre prêmios e fantasias
a verdade se esvai, caros
dias a fio, uma criança, bebê
ainda, uma gotinha que faltava

Sobre uma voz fora do Voz
tenho uma sugestão, alguém
muito muito foda, fusão nuclear
para mostrarmos que fissão já era

Affonso Romano de Sant'Anna!!!
Por favor, todos os comentários
serão deveras apreciados, aguardo
(depois faço o convite)

Forte abraço

BAR DO BARDO disse...

Bom conhecer o Douglas.

(Parabéns pela nova arquitetura do "Versos & perversos", Lu! Abraço!)

Mai disse...

Texto forte e amargo. Muito bom!

P.S.

Adorei o novo Lay.

Douglas Vieira disse...

Meu caro Bardo, saiba que essa satisfação compete à mim, afinal sou eu quem goza da possibilidade de conviver, em alguns casos virtualmente, com pessoas tão geniais.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Devir, esperamos ansiosamente este encontro co a relatividade de certos valores e o encontro com a base, o núcleo e a explosão desta bomba atômica de vivências, o convite tá aceito, abraço.

Luciano Fraga disse...

Bardo amigo,gosto muito da escrita do Douglas, veja o blog Acenda os Faróis.É, o blog ganhou farrapos novos, uma roupinha domingueira(rss), abraço.

Luciano Fraga disse...

Mai, retratou...Muito bom mesmo, abração amiga, tenha um domingo de paz.

Ruela disse...

gostei e da página tb!

garnde abraço.

Adriana Godoy disse...

Oi, Luciano. Recebi os jornais. Tá tudo certo.
Tem textos bastante interessantes. O Buenas, o Anjo Baldio, o Devir, você. É bom fazer parte disso tudo.
Acho que minha entrevista ficou legal.
Obrigada pela oportunidade e pelo carinho de sempre. Beijão

Luciano Fraga disse...

Adriana, muito bom a sua presença no jornal, trouxe brilho!Verificamos algumas falhas, mas no final agradou a muita gente,obrigado pela força, beijo.

Luciano Fraga disse...

Adriana, muito bom a sua presença no jornal, trouxe brilho!Verificamos algumas falhas, mas no final agradou a muita gente,obrigado pela força, beijo.

Luciano Fraga disse...

Ruela amigo,isso aí,vamos mudando um pouco o visual do blog para não cansar tanto os amigos, abraço.

tania não desista disse...

luciano,luciano!...
a vida já valeu pra vocês!...pelos
passos bem dados que trazem satisfação e alegria.

o ponta pé inicial pra concretizar seus sonhos tem sido dado aos poucos ..muito bom tudo isso luciano! sucesso na sua medida ..desejo forte abraço
taniamariza

Luciano Fraga disse...

Tania amiga, vamos caminhando sim, movidas pela inquietação que o remoer do tempo nos provoca.E você o que espera do tempo? Não podemos esperar apenas seus contratempos...Forte abraço.