domingo, julho 12, 2009


ACASOS LÚDICOS-(ESPERAM POR MIM)


"...minhas artérias doidas para sangrar uma faca..."
M. Marinho


Sonhei comigo mesmo
num ponto futuro
sob um pálio
obliterado,
mas o que eu sou
ainda espera
por mim
e independe
do que não sou
porque este emana
de si mesmo
para encontrar a queda
num indesejado
e louco porvir
que talvez
nem seja o meu,
que não deve (?)
um nada
a ninguém
(pensei),
por isto da Vinci
não censurou o riso
desfocado...




Luciano Fraga

23 comentários:

Adriana Godoy disse...

O futuro indesejado pode não ser o seu mesmo...mas o poema é, e que poema, Luciano!!!
"por isto da Vinci
não censurou o riso
desfocado..." genial, um tesouro encontrado. Você sangrou mesmo as nossas veias. Belíssimo, Beijo.

Devir disse...

Obliteração ao obter ação
isso não é novidade, sequer
o pálio salva a situação, este
engano, jogado de fora
em nossos cólos.

Obrigação à contradição
ou vice e versa, perversa
convivência de agrados e
elogios, o que haverá de ser
não será se hoje não é o ser

Dívidas caducas ou ao porvir
grandes bobagens, se delas
não resta lembranças, somente
mistérios, aos séculos da Vinci
supõe, desfoca novas estrêlas

Nanda Assis disse...

as vezes sonhamos algo que ainda vai acontecer hahaha.

brincadeiras a parte ficou show.

bjossss...

Ana disse...

OLÁ LUCIANO(NEG.VC SABE!)Ñ TEM COMO ESQECER!NA verdade,vc ñ sangra,o coração é q conduz a tudo isso,o q importa ñ é fama,muito o sucess..e sim ser FELIZ, no.. mais...histórias,tradiçõe,poder, me diga pra q desejar a vingança??Sera que irá trazer o bem a quem praticar??ACHO q serar desagradaveu em??OU serar aos poucos eliminado assim q pintar a oportunidade!!?? UM ABRAÇÃO AMADO LUCIANO..(VIVENDO E APRENDENDO,NÃO VOU MENTIR!!.)

Ana disse...

JAMAIS,no q foi marcado não tem círurgia..uma tatuagem sem remover...ALI marcado para sempre...abraços e abraços..eternos..LUCIANO SOBRAL FRAGA...

Anita Mendes disse...

"por isto da Vinci
não censurou o riso
desfocado..."
esse desfecho matou!

CENESTESIA* pura: literalmente.

*(sentimento vago que, independentemente dos sentidos, existe no nosso ser)

Bravo, lu!
bravo!
beijos pra ti, Anita.

ps: a foto se confunde com o clímax do poema.

pianistaboxeador21 disse...

Muito bom. Belíssima epígrafe. Artérias sangrando facas.

Acertou.


Abraço

Luciano Fraga disse...

Querida Adriana, sendo assim espero encaminhar bem o sangue retirado e destiná-lo para uma boa causa, abração.

Luciano Fraga disse...

Caro Devir, são divagações existenciais esverdeadas de um provável existencialista que ainda não compreendeu, não interpretou corretamente, ou talvez ainda não tenha aceitado,mas não espero o milagre da descoberta do misterioso riso de La Gioconda,antes,saio de foco...Abraço.

Luciano Fraga disse...

Ana,jamais admitirei a vingança como norte, nem em vida pessoal, tampouco em minha limitada escrita,"sou apenas um estudante da vida que eu quero dar...", abraço.

Luciano Fraga disse...

Nanda, não sei explicar como funciona o mecanismo dos sonhos, mas ocorre isso mesmo,existe inclusive tratamentos de saúde fundamentados em informações dos nossos últimos sonhos. Dá-lhe-lhe Galo!Abração.

Luciano Fraga disse...

Anita,acertou em cheio e com uma clareza, literalmente pura,a foto realamete casou, abração.

Luciano Fraga disse...

Daniel, sempre grato com suas visitas, a epígrafe é de um maravilhoso poeta da Bahia,Milton Marinho, abração.

cachorro rabugento morto em noite chuvosa disse...

É isso Buenas,a vida é breve mas é deliciosa. Grande abraço.

BAR DO BARDO disse...

luciano,

forte. fortíssimo.

um poema que pulsa, lateja, bum!!!

muito bom.

marcio mc disse...

Mas o que sou ainda espera por mim.Grandioso,muito bom.

Ana disse...

Querido Luciano,Lamento se dasapontei , apenas fiz um resumo daquilo que sentir no poema! e que Poema em!? Nada mais.. abraços

Zinaldo Velame disse...

Belo poema e que imagem mágica! Abraço Buenas!

Luciano Fraga disse...

Buenas(Avohai), a "vida é doce" feito uma bala, abração.

Luciano Fraga disse...

Bar do Bardo,gracias amigo, presença nobre,abraço.

Luciano Fraga disse...

Márcio, valeu, você tem participação também, abraço.

Luciano Fraga disse...

Ana, não houve desapontamento,além do mais o espaço é livre para qualquer opinião, referir-me também ao mesmo poema, abraço.

Luciano Fraga disse...

Zina, realmente a imagem é mágica e o autor preferiu ficar omisso, grande abraço.