terça-feira, janeiro 13, 2009

LUNAR- Ilustração de RUELALANÇAMENTO DO LIVRO VAGA LUMES
AUTOR- Luciano Fraga
CAPA E ILUSTRAÇÔES- Ruela
PREFÁCIO- Ronaldo Braga

logo depois do trevo as almas já se cruzavam de maneira apressada. dalí em diante não mais verde. musgus. a poeira subia, fechamos os vidros. 1980. neodescolonização da áfrica tv's de 29 polegadas e aparelhos de dvd sem pilhas no controle. na panela o feijão do fim de semana. a noite chegou. degraus largos também elevavam eles. turbulência conjugal. estouro simplório carregado de passado. bergmam. descemos, e deixamos as duas almas cruzadas se acessarem a sós. o verde do gramado iluminado pela prata lua cheia, anunciava ainda boas sensações na poucas cores. a temperatura caiu. lá, onde tanto esperávamos chegar, logo aportamos. leves. olhares cruzam a distância. o brilho prata se cruzou com a luz do vaga lumes verde sim. daí em diante, um passeio. um vôo. belo livro. festa. encontro. verdades diplomáticas suaves e sinceras. olhos sobre lentes de grau e peso do mundo na nuca. denso como quem sente o mundo. encontro renovador. a noite já quase transbordava de álcool. cervejas, vinho, whisky, conhaque. parece que foi ontem que pedi pro mundo parar pra eu descer. mas hoje merecia. sábado. isso. janeiro de 2009. o tal do século 21 dos 50 anos do novo amigo. cama de solteiro com franhas brancas (as melhores para mágoas vermelhas com quinas finas). e logo o domingo se fez num giro breve de sonhos reais. voltando da infância, acordei e olhei para o copo de plástico com whisky quente, sentia o cheiro da cama. aqui sombra, e logo ali, caminhamos debaixo da terrível luz amarela. causticante. e logo, cervejas. carne. re-encontro. marley. o velho buk. atenção. cuidado, e as verdades continuam em olhares amistosos. ao tão esperado dia. lá na tela está. o dvd era o mesmo por incrível que pareça. o som maravilhoso. acho que não podia ser melhor. 16x9. play e choro. dai em diante serei redundante. satisfação extrema. alma lavada na certeza do por vir.

Matheus Vianna

6 comentários:

Luciano Fraga disse...

Matheus, agradeço a sua valiosa presença, junto com Ritinha, sou suspeito e emotivo, depois farei comentário, abraço.

Marcia Barbieri disse...

maravilhoso,mesmo qdo você não é você.Perdoe minha ausencia,com certeza não é proposital, mas estou em alma.

beijos ternos

Luciano Fraga disse...

Márcia, tenho total e plena convicção disso, a poesia foi o destaque maior da noite, seu nome rolou solto, Matheus e Buenas são seus fãs incondicionais, não mais que este que vos fala...Obrigado pela atenção, beijo terno.

Ruela disse...

Valeu Luciano,
também o postei no Discharge 5 ( http://fishyartsandwords.blogspot.com/ )


Parabéns tb ao Ronaldo Braga pelo belo prefácio.


Abraço.

On The Rocks disse...

o grande matheus sintetizou tudo com belas palavras.

buenas!

bat_trash disse...

Estar lá em espírito para mim é pouco. Pena não ter nascido em Cruz das Almas. Tua cidade tem mais é que ter muito orgulho de ti.