quinta-feira, julho 24, 2008

COLECIONA-DORES
O Sr. Arau era um colecionador de chapéus e ao final do dia os deixava pendurados em pregos, numa parede.
Certo dia,decidiu arrancar aqueles pregos. Colocou-os cuidadosamente em outra parede,onde jamais as mãos pudessem alcançá-los. Lá, pendurou o seu EGO...
Desde então, nunca mais usou chapéus, abriu mãos do seu EGO e dos poderes que o EU lhes deu...
Moral da história: nem tudo parece o que é...
Atenção: em caso de dúvidas, consultar um egoísta...
Luciano Fraga

4 comentários:

Braga e Poesia disse...

é por essas e outras que eu sempre consulto omaior egoista que eu posso encontrar: eu mesmo.

CACHORRO VADIO MORTO EM NOITE CHUVOSA disse...

Buenas,reflexão dukaralho. Lembra daquela música do Raul Seixas? Grande abraço.

Luciano Fraga disse...

Buenas,lembro bem " eu sou ista, eu sou ego",Raul era um gênio!

Ruela disse...

Dá que pensar ;)

Abraço.