domingo, março 27, 2011

Uma singela homenagem ao meu amigo -irmão Valdique Medina que neste exato momento passa por sérias dificuldades de saúde, seu estado é muito grave, sinto-me abatido e estraçalhado... Ouvindo Pink Floyd (ele ama), fiz este poema.

COM O CORAÇÃO NA MÃO- “NUMA ILHA”


Lembro-me da primeira noite,

idos de setenta e cinco,

o rock and rool rolava num pick-up

(Grand Funk, talvez),

com a agulha sustentada

por uma caixa de fósforos...

No espelho:

“melhor morrer de Vodka que de tédio”

confesso que me assustei,

mas voltei, sempre voltava,

era um prazer encontrar o “Boy”...

Chegar até lá era como cruzar

um deserto escuro,ou no escuro,

conduzindo uma velha Monark,

mas valeu poder te conhecer,

apreender em teu sincero silêncio.

Agora sou,

estou,

como as águas agitadas

de um grande rio,

rio de urgências

precisando chegar

ao seio de um oceano

para repousar...

Não importa a fusão,

ou a confusão

com as águas salgadas...

Jamais direi: a vida continua,

a vida, a rua, a lua

jamais serão iguais sem você!

São minhas as lágrimas;

o que há entre nós

é o inconsistente nada,

que agora não abrasa

tampouco é confortador.

É só ausência de pai-irmão, irmão-pai,

é a insuportável inexistência

do seu olhar, do seu falar verdades.

É o saber da existência

da perturbadora saudade

que não conseguimos vê,

mas sabe-se que ali estar...

Tentarei ser como um mar

pronto pra te acolher,

sem poder te abraçar,

sem palavras pra confortar...

De Gilmour: pra você que tanto o amou:

“Deixe a noite te cercar.

Nós estamos a meio caminho das estrelas,

a maré seca e flui, deixe-a fluir,

sinta o calor ao seu lado...”

Enquanto a noite breve espera por mim...


Homenagem ao amigo-irmão- Valdique Medina

Luciano Fraga

11 comentários:

Braga e Poesia disse...

fraga como te disse por email, não tenho nenhuma relação proxima com o medina, mas o admiro pela respeitabilidade que ele transpira, e pelo fato de ser um homem honesto e que nunca aceitou a conivencia com a corrupção e lutou contra atos corruptos de orlandinho prefeito fantoche de cruz das almas.
medina marca aquele espaço de poucos, pois não avançou passando por cima antes cresceu ajudando e mais que isso possibilitando a construção do dialogo livre e sem ranços ideologicos. medina eu lembro o seu pai que o meu pai admirava pela honestidade e respeito aos outro ser humano.
abraços

Adriana Godoy disse...

Luciano, comovente seu poema, uma viagem quase solitária, um canto de amor e louvor a um amigo. Chorei, confesso. "Deixe a noite te cercar, estamos a meio caminho das estrelas..."

Muito lindo, poeta, como um choro repleto de pura poesia.

Que seu amigo encontre a paz...


Beijo

Luciano Fraga disse...

Braga, esse realmente é a figura , o ser humano que ao longo dos anos deixou-me a lição de como é importante caminhar com dignidade,o pai dele teve o respeito de seu pai que era outro homem íntegro, são os laços, as conexões, forte abraço.

Luciano Fraga disse...

Adriana querida poeta, tá sendo um momento muito complicado e difícil,muita emoção e as lembranças rondam vivas... você também passa por algo ainda maior(sua mãe),vamos rezando para que tudo transcorra em paz para ambos, beijo querida.

Raíz disse...

Luciano!

Quisera poder com palavras aliviar seu coração. Sei que não posso, ninguém pode saber os verdadeiros laços de uma união. Amigos nós escolhemos. Deixe o pranto rolar.

Deixe em frangalhos o coração. Mas só o tempo vai saber a hora de passar a aflição.

Beijos

Mirze

Ana Lago disse...

Olá Luciano,
Entendo que, a vida de seu amigo,estar se completando é lamentável,chorar as dores da vida no momento em que elas acontecem é bom, em vez de sobrecarregar o coração arrastando-o por aí.
Muita força,

Abraço,

Até a qual quer momento.

Ana Lgo.

Ribeiro Pedreira disse...

disse alguém algo que virou clichê: "amigos são irmãos que escolhemos". e o que são amigos se não isso?
quando se vão deixam-nos a certeza de que não caminhamos sem os seus ensinamentos, de que valeu ter caminhado ao lado.
Abraço, caro amigo!
Saúde para nós e força no viver!

Luciano Fraga disse...

Mirse amiga, agradeço seu apoio, uma palavra amiga sempre é importante e cada apoio vai nos levando à compreensão dos rumos que a vida vai traçando para cada um de nós, grande abraço.

Luciano Fraga disse...

Ana ,obrigado. Tá certo, entendo seus pontos de vista e os sinceros desejos de paz e luz para todos nós.

Luciano Fraga disse...

Caro amigo Ribeiro,sábias palavras, de pleno acordo, a vida é isso,amigos, amizades... e é tão singelo que nenhum coração sábio define.Cada um sabe...Obrigado pelo apoio , abração.

Zinaldo Velame disse...

Bela homenagem ao amigo Medina, Luciano! Espero que ele encontre forças para superar as dificuldades de saúde. Sou solidário a você nesse momento de dor. Abraço fraternal.