quarta-feira, fevereiro 06, 2008


Aprendizado



Eu vou à praia meu bem,
Cantar amargas flores e lembrar do néctar
de teus
fartos peitos.
Desde cedo, meu bem
aprendi
a esperar
em doidos porres,
teus solenes momentos,
e ir à praia meu bem,
comer as cores da noite...
E, meu bem
que me importa
sua boca
a me olhar de dentro do nada.
Aprendi
esperar
na insensatez dos teus beijos,
uma azul onírica tarde sangrenta.
Meu bem,
eu sei de seu desejo mórbido por orquídeas e laranjas,
e sei do teu amor imundo,
em velhas doces canções.
E sei:
as árvores verdes
choram tua partida.
Imaginando esperas
nos cumes das madrugadas.
Eu,
meu bem,
sorria dores nos teus abraços meigos.
Enquanto os bêbados dormiam com todas as deusas.



ronaldo braga
(para todos os amores não acontecidos)

4 comentários:

graciela malagrida disse...

Ey Ronaldo!saludos! qué bueno leerte!
Enlacé en uni-verso virtual a Luciano. Voy a publicar algo de uds 2 en breve, pra fazer que o amor "acontezca" sempre.
Cariños

ronaldo braga disse...

gracie muito obrigado vc é uma mulher bela e retada. e luciano obrigado pela publicação.

Ruela disse...

grande Ronaldo, abraço aí.
tudo de bom!

Chris McManaman disse...

http://gembaoilsands.blogspot.com/