sábado, dezembro 15, 2007

CAIS




Pensava alto,
quando murmurei:
“... Mariela é a angústia
que nutre os oráculos
de meus acasos...”
Garota!
A morrinha
que do outro exala
e cobre tua nudez
polida,
é ópera que você rumina,
miasma quando a alma
fala
e delata as aflições
mais finas...
Arrisco conter minhas taras
cruzando
a linha que interliga
o cristal de pureza rara
com o musgo
no sexo que abomina.
Que venha a grana
que molesta
o vômito do falo
é quem paga
o estrago do corpo
que hostilizas
na brisa de um porto
que encalha
o sonho de menina
virou cinza...



“[ ...Mariela...]”- Nelson M. Filho



Luciano Fraga

4 comentários:

anjobaldio disse...

Mais um poema dukaralho de LF

Ruela disse...

Feliz Natal e Bom Ano Novo

Luciano Fraga disse...

Ruela,desejo-lhes um bom natal e um ano novo cheio de realizações e muita criatividade.Espero que nossa amizade torne-se cada dia mais forte.Grande abraço.

Chris McManaman disse...

http://gembaoilsands.blogspot.com/